Fale com nossa equipe

Saída de 3 no futebol

Por: Chrístopher Suhre

Postado

-

Atualizado em

No texto de hoje abordaremos a saída de 3 no futebol. Até algum tempo atrás o mais comum era observarmos o time sair jogando com os dois zagueiros e dois laterais numa região mais recuada do campo (1ª fase de construção). No entanto, atualmente, muitas são as equipes que iniciam as suas jogadas ofensivas com a saída de 3.

O que é a saída de 3?

A saída de 3 no futebol é quando uma equipe irá iniciar a organização ofensiva na 1ª fase de construção com somente 3 jogadores. Vejamos a figura abaixo para compreender melhor.

Figura 1. Saída de 3 na 1ª fase de construção. Criada pelo autor usando o tactical-board.

As saídas de 3 mais comuns são executadas das seguintes formas (iniciamos pelo jogador mais à direita, depois o centralizado e, por último, o jogador situado à esquerda):

  • Zagueiro, volante e zagueiro;
  • Zagueiro, zagueiro e lateral esquerdo;
  • Lateral direito, zagueiro e zagueiro;
  • Volante, zagueiro e zagueiro;
  • Zagueiro, zagueiro e volante;
  • 3 zagueiros.

Antes de mais nada, vale ressaltar que não existem maneiras certas e erradas de realizar a saída de 3. Os jogadores envolvidos nesse momento precisam ter determinadas características, o que irá mudar de elenco para elenco.

Além disso, a saída de 3 possui características próprias. Vamos entender o porquê muitos times estão optando por usá-la.

Por que usar a saída de 3?

Figura 2. Final da Champions League entre Chelsea e Manchester City. O time de Londres utiliza a saída com 3 zagueiros para construir usas ações ofensivas.

A saída de 3, em comparação a tradicional saída de 4 jogadores (2 zagueiros + 2 laterais),  visa utilizar menos jogadores na 1ª fase de construção, o que permite termos mais atletas no restante do campo. Além disso, como muitos times marcam com 2 atacantes, é uma forma de obtermos vantagem numérica na saída de jogo.

Mas, para que a saída de 3 seja eficaz, precisamos nos ater a alguns pontos importantes. Vamos a eles.

Zagueiro canhoto

Um detalhe importante para realizar a saída de 3 no futebol é ter um zagueiro (ou outro jogador) canhoto atuando pelo lado esquerdo. O simples fato de ter um jogador canhoto ou destro nessa posição pode mudar completamente a qualidade da construção. Isso porque, o jogador canhoto, quando recebe a bola do jogador centralizado, terá a opção de fazer o passe para o lateral esquerdo que está mais avançado, ou achar um passe entre linhas. Caso fosse um jogador destro atuando pelo lado esquerdo, essa ação ficaria dificultada, visto que ele precisaria ajustar todo seu corpo antes do passe, fazendo-o perder tempo.

Qualidade na diagonal longa

Outro ponto a ser destacado é a qualidade dos 3 jogadores na diagonal longa. Mas, o que é a diagonal longa? Em suma, a diagonal longa seria o lançamento de um dos defensores para um jogador do outro lado do campo. Vamos ao exemplo da figura abaixo.

Figura 3. Diagonal longa realizada pelo jogador nº 3 para o jogador nº 6.

Essa diagonal longa permite que, quando o time adversário estiver marcando compactadamente por um lado do campo, a bola chegue rapidamente ao lado oposto. Em outras palavras, o jogador que receber a bola terá menos adversários nessa região, podendo levar mais perigo ao gol adversário.

Qualidade na condução

Na saída de 3, muitas vezes, os defensores estarão em superioridade numérica. Dessa forma, é importante que, quando o jogador com bola estiver livre, ele consiga conduzir e criar espaços. Isto é, não necessariamente o atleta da saída de 3 precisa receber e tocar a bola para alguém mais à frente. Ele pode conduzir a bola e se somar aos homens à frente, sendo mais uma preocupação para a defesa adversária.

Característica do nº 5

Além dos 3 jogadores responsáveis pela saída de bola, é necessário que o jogador mais a frente (usarei como referência o nº 5), saiba jogar de costas para a pressão. Isto é, muitas vezes a bola sairá de um dos 3 defensores e chegará a esse 1º médio, que precisará receber de forma orientada, girar sobre seu marcador e dar continuidade a jogada. Caso ele não tenha essas características, a construção de jogo pode não fluir.

Desvantagens da saída de 3

Até agora falamos somente sobre os pontos positivos da saída de 3 e quais as características importantes que os jogadores que atuam nela devem conter. Mas, como tudo no futebol, há o lado positivo e o negativo. Então, a partir de agora, abordaremos as desvantagens dessa formação.

Transição defensiva vulnerável

Um dos principais pontos negativos é a transição defensiva quando perdemos a bola próximo aos 3 defensores. Afinal, como estamos construindo com menos jogadores atrás, quando perdemos a bola, temos menos jogadores atrás para defender. Assim, se os jogadores mais à frente não se comprometerem em recuperar a bola rapidamente, pode haver problemas defensivos.

Espaço pelos lados

Todos sabemos que o futebol é um esporte de tempo e espaço. Ou seja, quanto mais tempo e espaço tivermos, maiores as chances de chegar ao gol. Dessa forma, vemos que os espaços deixados no momento de atacar podem ser explorados pelo adversário. O principal espaço dessa formação está ligada aos corredores laterais. Isso ocorre porque, no momento de atacar, os laterais estarão projetados mais à frente. Vejamos o exemplo da figura abaixo para entender melhor.

Figura 4. Em azul estão destacados os espaços que a saída de 3 permite ao adversário, caso ele recupere a bola e ataque rapidamente.

A saída de 3 já é um marco do futebol atual. Portanto, nesse texto abordamos alguns pontos de como ela é estruturada, seus benefícios, características necessárias aos jogadores que atuam nela e quais as desvantagens que ela possui. Ainda nesse sentido, lembramos não haver certo e errado no futebol. Tudo dependerá de como o treinador imagina o jogo e quais os jogadores que ele tem à disposição.


Contato do autor:
Instagram: @Chrístopher_suhre

Receba nossa Newsletter

Gostou dos conteúdos do Ciência da Bola? Deixe seu e-mail e te enviaremos mais.