Fale com nossa equipe

Sistemas defensivos do Futsal: conceitos básicos

Por: Tássio Sardinha

Postado

-

Atualizado em

Nos Jogos Desportivos Coletivos de invasão, como é o caso do Futsal, o processo defensivo inicia-se desde o momento em que a equipe está sem a posse da bola. No entanto, a modelagem estratégica do setor defensivo nem sempre é uma tarefa simples para os treinadores. Vamos entender um pouco mais sobre os Sistemas Defensivos do Futsal.

Desse modo, acreditamos que o primeiro passo para montar um sistema defensivo sólido, é conhecer os conceitos da defesa. Sobre isso, Andrade (2018) confere a importância de compreender os conceitos de jogo devido à necessidade em aliar prática e teoria, com o objetivo de sistematizar o treinamento.

Portanto, hoje abordaremos dois conceitos básicos que podemos utilizar para montar um sistema defensivo eficiente no Futsal: Zonas de recuperação; e Tipos de marcação.


Zonas de recuperação no Futsal

A princípio, Andrade (2018) propõe, para o sistema defensivo do futsal, a divisão da quadra de jogo em três zonas de recuperação:

  • Zona de recuperação I – Setor de atenção redobrada às coberturas defensivas – Setor de alto risco;
  • Zona de recuperação II – Setor de ajustes da marcação – Setor de risco médio;
  • Zona de recuperação III – Setor de marcação pressão – Setor de baixo risco.

Em suma, tendo em vista que cada zona da quadra possui características específicas, a divisão facilita o trabalho do treinador, visto que dessa forma é possível potencializar as ações dentro de um objetivo principal em cada região.

Tipos de marcação no Futsal

A princípio temos três tipos de marcação no Futsal: individual; zona; e mista.

Marcação Individual

Em primeiro lugar, a marcação individual preconiza a atenção voltada essencialmente para o indivíduo, ou seja, independentemente da posse ou não da bola, cada jogador tem a responsabilidade de marcar um adversário direto. Além disso, esse tipo de marcação subdivide-se em três: sobre pressão; meia pressão; e pressão meia quadra.

Marcação individual sobre pressão
Marcação individual meia pressão
Marcação individual pressão meia quadra

Marcação Zona

Por outro lado, na marcação zona, independentemente da movimentação dos adversários, cada jogador defenderá uma zona predeterminada. Desse modo, ao contrário da marcação individual, a marcação por zona preconiza a movimentação da bola, em detrimento dos deslocamentos dos atacantes.

Além disso, a marcação zona pressupõe a utilização de alguns desenhos, no caso do Futsal, os mais conhecidos são: Quadrante; Losango; e Funil ou “Y”.

Quadrante defensivo
Losango defensivo
Funil ou “Y” defensivo

Marcação Mista

A marcação mista pressupõe a junção de características das marcações individual e zona. Nesse contexto, esta marcação, especificamente, requer dos atletas constante trocas de marcação, uma boa leitura de jogo, capacidade de antecipar situações e, acima de tudo, espírito de solidariedade entre os jogadores da equipe.

Portanto, esperamos que este texto tenha te ajudados a entender mais sobre os diferentes sistemas defensivos do futsal.

Confira uma aula especial no workshop sobre futsal em nosso canal.


Contato do Autor: tassiosardinha@gmail.com Instagram: @tsardinha1
Foto de Capa: Liga Nacional de Futsal

Gostou dos conteúdos do Ciência da Bola? Deixe seu e-mail e lhe enviaremos mais.


Deixe seu comentário